CUPINS

...Cupim ou Térmita, nome comum de um grande número de insetos sociais que podem destruir estruturas de madeira, como móveis e edifícios. São relativamente primitivos. Possuem a cintura grossa e o corpo mole, sofrem metamorfose completa. Desenvolveram um sistema de comportamento social quase tão complexo como o das formigas, as abelhas sociais e as vespas. Cada colônia é composta por diversos indivíduos com diferenças morfológicas, que vivem juntos formando castas com diferentes funções. Nas espécies socialmente mais avançadas há três grandes castas: os cupins reprodutores, os soldados e os trabalhadores. Todas as castas incluem indivíduos pertencentes aos dois sexos, mas somente os reprodutores desenvolvem completamente os órgãos sexuais.

...As rainhas, que representam a casta reprodutora, são maiores que os demais membros da colônia e, em algumas espécies tropicais, podem chegar a ser enormes, às vezes 20.000 vezes maiores que as trabalhadoras. Seu abdome se dilata pela presença dos ovos até o ponto em que ficam incapacitadas de se mexer.

...Os ninhos dos cupins, chamados cupinzeiros, variam em sua forma. Os de algumas espécies tropicais são enormes estruturas em forma de montículo, que muitas vezes alcançam os 6 metros de altura.

...Classificação científica: formam a ordem Isoptera.

... COLÔNIA DE CUPINS E MEMBROS DAS DIFERENTES CASTAS

...O tamanho destas comunidades pode variar de algumas centenas a milhões de indivíduos. São comuns nas savanas e em regiões de vegetação herbácea, além de florestas úmidas. Pode haver dezenas ou milhares de cupinzeiros por hectare. Em muitas espécies a comunidade é dividida em castas formadas por reprodutoras, operárias e soldados. As operárias constroem o ninho e cuidam de todos os outros indivíduos da colônia, inclusive da fêmea que põe os ovos. Esta possui um corpo bem maior que as demais, devido à função que exerce. Os soldados protegem a colônia. O casal reprodutor pode produzir até 30.000 ovos diários.

Clique na imagem para ampliar

...A exemplo das formigas, são organizadas socialmente e cada integrante possui função específica na colônia. E então não há peça de madeira , celulose ou derivados que escapem. Não poupam nem a construção civil: vão esburacando e destruindo móveis, rodapés, livros, documentos, molduras, vigamentos de telhados e até revestimento termoplásticos de cabos elétricos. Os cupins se instam em Lages  duplas ou caixões perdido, se deslocam através das juntas de dilatação, conduítes, rede hidráulica, etc., a fim de atingirem seu alimento, causando grandes prejuízos como desabamentos, incêndios, etc.


Clique na imagem para ampliar


voltar a home
Todos os direitos reservados - Bf Tecnologia - 2014